Cap. I - A Ilha

Os Primos, Ana, Maria e André, viajam até Martinica, nas Caraíbas. À chegada a este local com paisagens exuberantes e praias fantásticas, com mil palmeiras, areia branca finíssima e mar transparente, conhecem Letty (Laetitia), filha de Pierre Dumont, um biólogo francês cujas pesquisas misteriosas são interrompidas por um trágico acidente...

2 - mapa esquerda.jpg
GRENADINES (348).jpg
DSC07634.JPG

Os Primos viajam até Martinica e com os novos amigos conhecerão várias das fantásticas ilhas tropicais das Caraíbas onde se escondem segredos incríveis...

4 - Letty na Floresta.jpg

Na exuberante floresta tropical da Martinica, Letty, a nova amiga d'Os Primos, tem um encontro perigoso...

 

Cap. II - Os Hóspedes

Os Primos, e sobretudo Ana, têm uma enorme surpresa ao encontrarem um velho amigo... Mas essa não será a única razão para o espanto dos jovens. No bangaló Alpinia, Os Primos vão conhecer um curioso grupo de hóspedes, e não passa muito tempo até que o primeiro incidente estranho ocorra: o desaparecimento de um velho diário vai levar os três jovens e os seus novos amigos a iniciar as investigações na ilha tropical francesa...

13 - Casa-Bungalow.jpg
PICT7284.JPG
alpinia.jpg
3 - Alpinia.jpg

O bangaló Alpinia e a flor tropical que lhe deu o nome.

 

Cap. III - A História de Letty

Alguém rouba o velho diário do pai de Letty, tirando-o da arca onde este estava guardado. Os hóspedes afirmam que nada sabem sobre o assunto, mas o desaparecimento leva a rapariga a contar aOs Primos uma das histórias mais bizarras que estes jamais ouviram: os factos incluem um prémio de lotaria, ilhas feitas pelo homem, ilhas que desaparecem de um momento para o outro e um enorme diamante...

5 - Arca.jpg

Letty jura a pés juntos que o velho diário do seu pai se encontrava dentro da arca no dia anterior. O que significa que alguém o roubou...

6 - Labrador.jpg

Vickie e Choc, os cachorrinhos labrador de Letty

shantis happy island.jpg
10 - Diamante.png

A Happy Island de Shanti e Le Diamant...

 

Cap. IV - O Diário de Pierre Dumont

Embora o diário roubado contivesse informações cruciais para poderem encontrar o enorme diamante, nem tudo está perdido: Letty conduz Os Primos ao seu esconderijo secreto, dentro do tronco de uma sumaúma no meio da floresta tropical, e mostra-lhes um pequeno segredo. A revelação é extraordinária e os jovens depressa organizam uma excursão de catamarã a fim de investigarem as novas pistas...

7 - KAPOK.jpg
kapok tree minha.JPG
8 - TARANTULA.jpg
Avicularia versicolor minha 2.JPG
Avicularia versicolor2 minha.JPG

Letty leva Os Primos ao seu esconderijo secreto: um buraco camuflado no tronco de uma sumaúma, no seio da floresta tropical. Mas vai ser Maria a ter um encontro inesperado com os seres que mais teme: as aranhas! Desta vez, porém, o aracnídeo até nem é feio... (Avicularia versicolor, nativa da Martinica)

 

Cap. V - As Memórias do Père Labat

A excursão  de Martinica até S. Vicente e Granadinas tem início e, para além d'Os Primos e dos seus novos amigos, no catamarã vai também a maior parte dos hóspedes da estância turística. As investigações continuam e ao analisarem a cópia do diário de Pierre Dumont, os jovens descobrem que as pesquisas do pai de Letty, focalizadas inicialmente numa planta chamada Zengiber adamans, passam de repente a centrar-se num outro objetivo, Le Diamant, não a pequena ilha da Martinica, mas o enorme diamante lapidado de três mil e quinhentos quilates que Letty procura desesperadamente. Uma nova pista leva-os até Jean-Baptiste Labat, um botânico explorador do século XVII, e à ilha de Petit Tabac.

2 - mapa direita.jpg

O percurso que Os Primos e os amigos vão fazer da ilha de Martinica até São Vicente e Granadinas

9 - Zingiber adamans3 inverted.JPG
pere labat.jpg
zingiber minha2.JPG
Charles Plumier.jpg

A estranha Zingiber adamans (em cima, à esquerda), da família do gengibre (em cima, à direita) e Jean-Baptiste Labat e Charles Plumier, os botânicos exploradores do século XVII (em baixo),

GRENADINES (397).jpg
Petit Tabac Aerial.jpg

A ilha Le Diamant, na Martinica, (em cima) e Petit Tabac nas Granadinas, com forma de salamandra (em baixo).

PICT7550.JPG
wallilabou coffins2.jpg

Os Primos visitam Wallilabou, em São Vicente, um dos locais que serviu de cenário ao filme Piratas das Caraíbas, e veem parte do set que ficou na ilha após as filmagens.

PICT7911.JPG

Cytise, o catamarã que serviu de inspiração à autora Mafalda Moutinho para esta história.

 

Cap. VI - Os Segredos de Petit Tabac

Os Primos passam por algumas das ilhas mais fascinantes das Caraíbas e em Mustique acabam até por conhecer  um dos grupos pop mais famosos do momento: os Jonas Brothers. O encontro dá azo a algumas cenas de ciúmes bastante divertidas no seio do grupo... Mas o mais importante é que a investigação vai avançar muito com a descoberta de um velho livro do séc. XVII que Ana encontra no fundo do mar, na costa de Petit Tabac, depois de também ela ter um encontro inesperado com... um tubarão.

12 - Praia.jpg

Rita, John, Letty, Maria, Ana, Javier, André e Mr. Carter em Petit Tabac, após conseguirem abrir a velha caixa do século XVII que pertencera ao Père Labat e que Ana encontra no fundo do mar.

Petit Tabac empty.JPG
11 - Petit Tabac 2.jpg
PICT7902 PETIT TABAC.JPG

A magnífica ilha de Petit Tabac na qual Elizabeth Swann e o capitão Jack Sparrow  ficam presos, no filme Piratas das Caraíbas - A Maldição do Pérola Negra

caribbena shark reef minha.jpg

O tubarão que assusta Ana debaixo de água.

PICT7586 Mustique.JPG

O Basil Bar, em Mustique, no qual Ana e Maria se tornam amigas dos Jonas Brothers.

cytise tempestade.JPG

O catamarã prepara-se para uma tempestade que vai alterar os planos de toda a gente...

 

Cap. VII - A Bola de Papel

Os Primos vão finalmente regressar a Bellefontaine, na Martinica, onde os esperam grandes surpresas. Mas antes de partir,  vão visitar a reserva natural de Tobago Cays e muitas outras ilhas magníficas nas Granadinas. Aqui ficam algumas...

DSC07634.JPG
GRENADINES (318).jpg
GRENADINES (323).jpg

Petit St. Vincent (PSV), a ilha privada das Caraíbas na qual Os Primos e os amigos conversam sobre o caso, e onde encontram o ator Michael Douglas com a sua família.

GRENADINES (315).jpg

O pôr do sol da cena seguinte, na história...

GRENADINES (128).jpg

Cumberland Bay, em St. Vincent

GRENADINES (300).jpg

Morpion: um ilhéu minúsculo que na verdade é um banco de areia com uma cabana em forma de chapéu de sol

Petit Tabac4.jpg
Petit Tabac6.jpg
Petit Tabac7.jpg

As águas transparentes e a areia branca finíssima de Petit Tabac, na reserva natural de Tobago Cays, onde o aroma a tabaco misturado com fragrâncias de feno e madeira  é inimitável e provavelmente deu o nome à ilha.

GRENADINES (378).jpg
GRENADINES (360).jpg
GRENADINES (347).jpg

Palm Island, uma das ilhas privadas mais bonitas das Caraíbas

GRENADINES (396).jpg
PICT8038.JPG
PICT8039.JPG

Fotografias que Os Primos tiram do pequeno avião que os leva de volta de Union Island a Martinica.

 

Cap. VIII - La randonnée

Para concluírem as investigações, Os Primos fazem uma expedição no seio da floresta tropical. O objetivo é pesquisar a zona D7, na qual, segundo o diário de Pierre Dumont, se pensa que esteja escondido o maior diamante do mundo. Os jovens vão aprender factos muito interessantes sobre o poder curativo de algumas plantas e André vai descobrir que a frase do diário "Para a floresta tomar conta de ti, tens de a conhecer como a palma da tua mão" tem um significado muito mais profundo do que eles imaginavam. Mas a descoberta vai ser intercetada por dois convidados inesperados...

14 - DIARIO.jpg

O diário de Pierre Dumont: fórmulas, mapas e uma frase com um duplo sentido...

Ficus citrifolia figuier maudit minha.JP
martinique minha.JPG

A fantástica floresta tropical  que Os Primos atravessam para chegarem até ao seu objetivo: o maior diamante lapidado do mundo. Será que vão conseguir?

PICT7315.JPG
PICT7317.JPG
DSC07509.JPG
PICT7311.JPG
PICT7328.JPG
PICT7325.JPG
 

Cap. IX - Le Diamant

Assim que os convidados indesejáveis tentam envenenar o grupo com um chá de mancellinier (Hippomane mancinella), uma árvore extremamente venenosa que dá frutos parecidos com as maçãs, conhecidas como maçãs da morte, Os Primos conseguem fugir e despistar os seus perseguidores. Acabam por dormir numa gruta, no seio da floresta, mas conseguirão eles encontrar o tão desejado tesouro?

15 - FRUTOS.jpg
mancellinier minha.JPG

Mancellinier (Hippomane mancinella), provavelmente a árvore mais venenosa da Martinica.

16 - La Randonnee.jpg
bambu 3.JPG
flores varias.JPG

Algumas das plantas que influenciaram a autora ao escrever uma das últimas cenas.