O Caso do Último Dinossauro

Cap. VI - A Pista do Dinheirosaurus...

Lista de Dinossauros e Elementos Naturais utilizados n'O Caso do  Último Dinossauro

Cap. I - Uma Partida Do Destino

André é escolhido para participar nas escavações de Paleontologia da Lourinhã e  decide convidar as primas. Entretanto dá-se um roubo muito peculiar no museu da vila... Os ladrões assaltam o cofre e levam alguns embriões de Lourinhanosaurus e fósseis de Spinosaurus. Mas não é tudo. Deixam para trás uma estranha pista: um velho jornal científico retirado dos arquivos do museu e que contém um artigo de 1911 sobre uma antiga descoberta paleontológica, precisamente no Egito, onde Ana e Maria estão a viver.

DSC03775 (Medium).JPG
DSC03802 (Medium).JPG
PICT3347 (Medium).JPG

Fotografias da entrada do Museu da Lourinhã, dos embriões encontrados dentro de ovos em Paimogo e de um dos arquivos do museu.

 

Cap. II - Vidas Cruzadas

Os Primos combinam a primeira reunião à distância, entre  o Cairo e a Lourinhã para discutirem o caso.

1A_–_Webcams_sem_margens_(Medium).jpg

Surgem as primeiras teorias sobre o roubo: terão os assaltantes intenção de utilizar os embriões roubados para tentar recriar um dinossauro?...

André acha que não e dá às primas as explicações que recebeu de Orlando, o seu novo amigo, filho do mais célebre paleontólogo português.

Entretanto, Ana e Maria vão até ao Museu de Geologia Egípcio, no Cairo, e conhecem o enigmático Doutor Badawi que lhes entrega uma caixa com parte da correspondência trocada entre paleontólogos no início do século XX.

As duas irmãs analisam as cartas e descobrem algo muito interessante...

No início da aventura, Ana e Maria estão no Cairo e André em Évora,  por isso Os Primos têm de comunicar à distância para discutirem o caso entre si.

 
 

Cap. III - A Lista dos Suspeitos

Ana e Maria deixam o Cairo e partem para a Lourinhã a fim de participarem nas escavações. Ali conhecem finalmente Orlando que lhes faz uma visita guiada ao Museu de Paleontologia e as impressiona com pormenores interessantíssimos sobre os dinossauros expostos e sobre as incríveis descobertas feitas na zona.

17 K OCUD ultima (Medium).jpg
DSC03782 para site.JPG

Réplica de um Stegosaurus encontrado no Wyoming, nos EUA, que serviu de inspiração para o desenho da capa e para um desenho interno. Na foto temos o paleontólogo Octávio Mateus a segurar  um fémur de um  Dacentrurus armatus português (tal como Orlando, na história), e a explicar que, comparando os fémures do Stegosaurus com o do Dacentrurus armatus,  o dinossauro português era muito maior do que o americano...

2B_–_Museu_com_dinossauro_sem_margens.jp

Cap. IV - A Rota dos Dinossauros

Orlando leva Os Primos  a percorrer a Rota dos Dinossauros de bicicleta, mostrando-lhes os locais das descobertas paleontológicas. Conhecem o criptozoólogo Mosser, que defende que os dinossauros não se extinguiram por completo e que mesmo ali, em Paimogo, poderá existir uma espécie desconhecida. No final de uma discussão sobre a Teoria da Evolução de Darwin e sobre a relação entre pássaros e dinossauros, os jovens ouvem ruídos estranhos e encontram uma pegada misteriosa...

mapa composto.jpg
6F - Bicicletas (Medium).jpg
DSC03876 (Medium).JPG

O caminho que os jovens percorrem na história: 1 - Lourinhã (onde se encontram o Museu da Lourinhã, a igreja de Santa Maria do Castelo e o Cruzeiro); 2 - Praia do Areal; 3 -Praia do Caniçal; 4 - Forte e Praia de Paimogo; 5 - Jazida de Paimogo (onde foi encontrado o ninho de ovos de Lourinhanosaurus antunesi; 6 - Porto Dinheiro (onde foi descoberto o  Dinheirosaurus lourinhanensis).

 

Cap. V - O Mistério das Pegadas

Se os crocodilos, as tartarugas e os tubarões sobreviveram até hoje, por que razão não poderão algumas espécies de dinossauros sobreviver também? As opiniões dividem-se e o debate intensifica-se quando os jovens mencionam a misteriosa pegada. Mosser revela que ele próprio descobrira ossos, pegadas, vultos e barulhos estranhos nas arribas. Tenta prová-lo com fotografias esbatidas, testemunhos de agricultores e documentos sobre lendas tradicionais, como a de Nossa Senhora da Pedra da Mua, em Cabo Espichel. Começa a esboçar-se a Teoria do Último Dinossauro, mas a discussão é interrompida por uma má notícia: um dos quadros do Mestre da Lourinhã acaba de ser roubado da Sala do Despacho da vila…

Azulejo Senhora da Mua (Medium).jpg

Azulejo da Ermida da Memória:  ilustra a cena da Virgem com Jesus nos braços, em cima de uma mula que sobe pela arriba e deixa pegadas atrás de si. Em 1976, o paleontólogo Miguel Telles Antunes descobriu que as pegadas não eram de mula, mas... de um grupo de saurópodes!

PICT3359 (Medium).JPG

Aspeto geral da zona onde se descobriu o ninho de ovos e os estranhos vestígios da história.

9I – Quadro de S. João Evangelista (Medi
Mestre da Lourinha 2 joao evangelista em

São João Evangelista na Ilha de Patmos.

PICT3384 ossos estranhos encontrados nas
PICT3368 ideia para as pegadas (Medium).

Fotografias, tiradas pela autora nas arribas,  dos ossos e pegadas que a inspiraram a escrever esta aventura.

 

Cap. VI - A Pista do Dinheirosaurus e o Acidente nas Arribas

Os Primos, Orlando e Ricardo, participam numa atividade noturna de caça à cache nas arribas, com a ajuda de um dispositivo de GPS. A atividade torna-se arriscada quando uma inesperada tempestade de verão lhes faz perder o sinal dos satélites. Quase às escuras, tentam seguir as instruções da cache, mas Ricardo cai pela arriba abaixo e não será fácil salvá-lo. Acabam por se abrigar no Forte de Paimogo onde voltam a ouvir ruídos estranhos. Os  jovens encontram uma arca de madeira cheia de ossos e de réplicas de fósseis, mas infelizmente não vão poder analisá-la porque um grupo de contrabandistas aparece de repente e a transporta de barco até às Ilhas Berlengas, enquanto os jovens observam, escondidos no forte.

13M_–_Forte_com_arca_(Medium).jpg
DSC03914 forte de paimogo serviu para de

Forte de Paimogo onde Os Primos, Orlando e Ricardo encontram uma arca de madeira cheia de ossos e réplicas de fósseis.

DSC03885 foto da rocha (Medium).JPG
11K_–_Rocha_com_forma_de_dinossauro_(Med

A rocha com forma de dinossauro que assusta Maria.

12L_–_Forte_de_Paimogo_(Medium).jpg
PICT3404 forte para desenho (Medium).JPG

Forte de Paimogo, visto de longe. Trata-se de uma antiga fortificação marítima mandada construir em 1674 por D. António Luís de Menezes, Marquês de Marialva e futuro Conde de Cantanhede, para defender o litoral dos desembarques inimigos.

DSC03921 esconderijo (Medium).JPG

Quando aparecem os contrabandistas, Orlando sugere que se escondam entre a parede oeste do forte e a muralha. A fotografia mostra o corredor estreito que conduzia às guaritas no andar superior através de umas escadas agora destruídas.

DSC03915 buraco onde mosser escondeu os

Espécie de poço, no exterior do forte, onde Mosser afirma ter escondido os estranhos ossos encontrados nas arribas.

PICT3413 (Medium).JPG

Pequeno porto de onde partem os contrabandistas levando a arca de madeira, com destino às Ilhas Berlengas.

DSC03880 (Medium).JPG

Imagem das arribas: muito bonitas, mas também muito perigosas. É aqui que Ricardo cai...

PICT3374 As ilhas Berlengas (Medium).JPG

Ilhas Berlengas vistas das arribas de Paimogo, num dia límpido.

 

Cap. VII - A Jangada

O grupo acaba por descobrir um enorme fóssil de dinossauro e as atenções voltam a concentrar-se nas escavações.  Monta-se um acampamento no topo da arriba e fazem-se turnos para guardar a jazida de noite. Quando, finalmente, conseguem separar o bloco onde se encontra o fóssil da rocha, e prepará-lo para ser transportado, deparam-se com um problema enorme: o bloco pesa quase trezentos quilos. A ideia brilhante que vai permitir transportá-lo até ao laboratório parte de André: trata-se de uma jangada um pouco estranha, e baseou-se num episódio verdadeiro...

14N – Jangada (Medium).jpg
dsc03829a foto da jangada (Medium).jpg
DSC03830 foto da jangada.JPG

A estranha jangada permitirá transportar o fóssil até ao laboratório a fim de o extrair da rocha onde foi encontrado. Ali será  limpo, estudado e finalmente exibido no museu. À direita, fotografias do álbum do paleontólogo Octávio Mateus nas quais se vê a jangada verdadeira a ser lançada ao mar.

DSC03905 autora com paleontologo com tro

A autora Mafalda Moutinho com Octávio Mateus. O paleontólogo tinha acabado de encontrar um fóssil de tronco de árvore com cento e cinquenta milhões de anos...

Fossil na rocha com oval.jpg

Secção da escápula e  chevron encontrado nas escavações por Octávio Mateus. Tal como na vida real, também na  história se utiliza uma garrafa de água para evidenciar a oval desenhada pelo fóssil no interior da rocha.

fossil pequeno na rocha com oval.jpg

Mais um exemplo de um fóssil encontrado pelo paleontólogo numa das inúmeras rochas das arribas de Paimogo. É caso para perguntar: como é que ele consegue?!

DSC03883 (Medium).JPG

Octávio Mateus à procura de fósseis interessantes na praia de Paimogo. É assim se fazem as grandes descobertas: procurando muito, pois nunca se sabe o que podemos encontrar...

PICT3398 (Medium).JPG

Poça escavada naturalmente na rocha, na praia de Paimogo, onde Orlando encontra pedaços fósseis de uma carapaça de tartaruga com cento e cinquenta milhões de anos e os mostra a Maria.

DSC03875 (Medium).JPG

Fotografia das arribas de Paimogo, lado norte. Aqui foram encontrados muitos gastrólitos.

 

Cap. VIII - O Caso do Último Dinossauro

Mosser defende a teoria da existência de um dinossauro não extinto, que vagueia pelas arribas de Paimogo e que pertence a uma espécie jamais estudada, o Cryptognososaurus legendarius. Os indícios são vários: testemunhos de agricultores, a lenda de Nossa Senhora da Pedra da Mua, a interpretação iconológica de um dos quadros do Mestre da Lourinhã e os ossos de um curioso animal que entretanto desaparecem… As opiniões dividem-se: existirá, de facto, um dinossauro vivo nas arribas?

 

Com a ajuda da Palinologia Forense, de palavras-cruzadas e do desenho de um rapazinho que vive nas arribas, Os Primos investigam as causas dos misteriosos indícios e acabam por descobrir o verdadeiro Cryptognososaurus legendarius

15O_–_Cryptognososaurus_legendarius_a_

Cryptognososaurus legendarius (que significa lagarto de identificação escondida)  que Mosser apresenta na conferência internacional de Paleontologia,

16P_–_Avestruz_e_Struthiomimus_feito_p

Desenho de um rapazinho que vive nas arribas  e que ajudará a desvendar O Caso do Último Dinossauro.

palavras cruzadas.jpg

As misteriosas palavras-cruzadas criadas pelo avô de Orlando, cruciais  na resolução do caso. Se queres tentar fazê-las, clica aqui.

 

Tabela de Dinossauros e Elementos Naturais utilizados no Caso do  Último Dinossauro

3C – Camarasaurus (Medium).jpg

Camarasaurus, dono da omoplata  à entrada do museu.

DSC03804_réplica_de_um_crânio_gigantes

Réplica de um crânio gigantesco de Allosaurus.

10J – Microraptor (Medium).jpg

Microraptor

DSC03808 cauda de um sauropode supersoni

Cauda de um saurópode supersónico, que  ultrapassava a barreira do som quando estalava no ar.

8H – Gallimimus (Medium).jpg

Gallimimus

15O_–_Cryptognososaurus_legendarius_a_

Cryptognososaurus legendarius

DSC03824 (Medium).JPG

Crânio de dinossauro (réplica).

5E_–_Archaeropterix_(Medium).jpg

Archaeropterix

11K_–_Rocha_com_forma_de_dinossauro_(M
DSC03885 foto da rocha (Medium).JPG

Rocha com forma de dinossauro

PICT3331 (Medium).JPG
PICT3333 garra assassina do Deinonychus

Deinonychus e a sua garra assassina.

DSC03787.JPG

Gastrólitos ou pedras estomacais que ajudavam a digestão de alguns dinossauros

DSC03891 (Small).JPG
DSC03867 (Small).JPG
PICT3358 (Small).JPG

Exemplos da vegetação das arribas de Paimogo.

12L_–_Forte_de_Paimogo_(Medium).jpg
PICT3409 esconderijo (Medium).JPG
PICT3410 (Medium).JPG
PICT3411 (Medium).JPG

Forte de Paimogo

DSC03901 pedaco de osso fossilizado enco

Pedaço de osso fóssil de dinossauro.

4D – Lourinhanosaurus (Medium).jpg

Lourinhanosaurus antunesi, um saurópode português descoberto em 1992.

DSC03893 cascas de ovo de dinossauro fos
PICT3360 o local dos ovos sem tirar os o

Cascas de ovos de Lourinhanosaurus antunesi. Os ovos foram descobertos em Paimogo e fazem parte de um ninho com mais de cem. É a maior atração do Museu da Lourinhã e uma das mais importantes descobertas do mundo em termos de Paleontologia. Ao lado, o local onde foram encontrados.

DSC03813_réptil_marinho_encontrado_em_A
DSC03834_réptil_marinho_encontrado_em_A
DSC03833_réptil_marinho_encontrado_em_A
PICT3340_réptil_marinho_encontrado_em_A

Fases de limpeza de um fóssil de réptil marinho encontrado em Angola (as primeiras fotografias foram tiradas em Maio 2005 pela autora Mafalda Moutinho, quando esta começou a investigação para o livro,  e as últimas em Dezembro 2005).

PICT3339 (Medium).JPG

Fóssil completamente limpo e pronto a exibir no museu.

A autora Mafalda Moutinho no Museu da Lourinhã.jpg

A autora segurando um cúbito de Stegosaurus.

PICT3341 OM trabalha nos fosseis (Medium

Octávio Mateus limpa um fóssil.

DSC03826 microscopio usado no museu (Med

Microscópio usado no museu.

PICT3388 (Medium).JPG
PICT3412 (Medium).JPG
PICT3375 (Medium).JPG
DSC03873 (Medium).JPG
PICT3389 (Medium).JPG
DSC03879 (Medium).JPG
PICT3373 (Medium).JPG
DSC03863 Paimogo (Medium).JPG

Fotografias das magníficas arribas de Paimogo.

DSC03862 (Medium).JPG
PICT3354 lago no inverno (Medium).JPG

Um campo de terra seca que, no verão, lembra os mosaicos hexagonais recortados no solo africano. No inverno, parece um lago.

DSC03869 (Medium).JPG

O paleontólogo Horácio Mateus  explica a leitura dos diversos extractos de terra criados com o tempo.

DSC03877 (Medium).JPG

Local, nas arribas de Paimogo, de onde foi retirado um enorme fóssil de dinossauro.

DSC03884 (Medium).JPG
PICT3370 estranhas formacoes rochosas (M
PICT3377 estranhas formacoes rochosas (M
PICT3378 estranhas formacoes rochosas (M

Estranhas formações rochosas que inspiraram a autora na criação da história d'O Caso do Último Dinossauro.

DSC03878 (Medium).JPG

Extractos diversos, evidentes na rocha.

PICT3383 masi pegadas (Medium).JPG
PICT3382 masi pegadas (Medium).JPG
PICT3385 ossos (Medium).JPG

Pegadas e ossos misteriosos usados pela autora na história.

PICT3362 cache de Paimogo envolvida em p
PICT3376 raizes onde Ricardo tropeca (Me

A cache procurada pelos jovens e as raízes onde Ricardo tropeça.

A autora Mafalda Moutinho na praia de Paimogo.jpg
A autora Mafalda Moutinho na praia de Paimogo com Octávio Mateus.jpg

A autora Mafalda Moutinho na praia de Paimogo.  Ao lado, com o paleontólogo Octávio Mateus.